Curso de Direito lança livro “Direito e Música”

Curso de Direito lança livro “Direito e Música”

O evento aconteceu ao longo das atividades do XI SIMPAC, reunindo autores, colaboradores e muitos entusiastas da área jurídica, agora também sendo abordada pela perspectiva da música.  

Publicado em 04 de junho de 2019

O livro reúne diversos artigos escritos por professores, alunos, ex-alunos dentre tantos profissionais do Direito.

Durante as atividades do II Congresso de Educação, Ciência e Tecnologia, o curso de Direito promoveu o lançamento da obra “Direito e Música”, uma série de artigos escritos por diversos profissionais da área jurídica, onde o principal objetivo é enxergar através de melodias, sons e ritmos, a aplicação do Direito em suas diversas esferas.

A iniciativa de reunir os trabalhos começou a partir do estudo do Direito em sua interconexão com a arte, iniciado no ano de 2014. O primeiro volume, “Direito e Literatura”, aborda conteúdos jurídicos a partir de textos literários; em 2016, na mesma linha de pesquisa, surgiu a ideia de produzir a segunda edição: “Direito e Cinema”, onde a partir de filmes conhecidos pelo grande público, são elucidados conceitos e institutos jurídicos, usando recursos mais visuais e práticos. Agora, “Direito e Música”, o terceiro livro da coletânea, trabalha conteúdos jurídicos a partir de composições musicais, melodias e letras.

“Temos desde o Heavy Metal, que discute o processo penal na perspectiva desse gênero musical, a músicas populares brasileiras. Ou seja, uma obra bem diversificada, que a partir do momento em que o leitor tem contato com esses conteúdos, explícitos numa música, por exemplo, se torna bem mais fácil compreender as nuances jurídicas ali presentes”. Ressaltou a professora do curso de Direito, Maria Antonieta Gurgel, uma das organizadoras do evento.

“Com as músicas, o leitor consegue ter a percepção de um contexto histórico, do surgimento da norma para tentar suprir um conflito por conta daquele acontecimento.  Assim, é possível ter uma ideia do surgimento da lei, qual o seu caráter finalístico-teleológico e se ainda tem efetividade na atualidade”. Completou a professora Ângela Barbosa Franco, também organizadora do lançamento.

De acordo com a equipe organizadora, o artista responsável por estampar as obras com suas ilustrações, Airton Pires, possui grande compreensão a respeito dos artigos reunidos nos livros, o que resulta em ilustrações sensíveis e com grande tato acerca do conteúdo ali apresentado. Assim, entende-se que se tratam de obras compreensíveis a todos, não se limitando apenas aos profissionais da área.

Sobre as perspectivas acerca do lançamento do livro, o Gestor do curso de Direito, professor Mário Monteiro, reforçou em sua fala: “De forma geral, as três obras permitem uma reflexão crítica a respeito de segmentos do Direito, onde não há apenas uma análise sobre a adaptação das normas, há também uma reflexão crítica sobre até que ponto ela representa um contributo para a sociedade atual. É muito importante para nós, do curso de Direito, possuir publicações próprias, fruto do trabalho de tanta gente que constrói o curso junto conosco”.

Os planos não param por aí, a próxima edição a ser lançada, “Direito e Arte” promete seguir o mesmo padrão de qualidade e excelência encontrado em toda coletânea, reunindo autores renomados, alunos, ex-alunos e figuras importantes no ramo jurídico.


Fonte: https://www.univicosa.com.br/uninoticias/noticias/curso-de-direito-lanca-livrodireito-e-musica